Busca

ESCUTA.

Tag

Mayra Goulart

Lula no jogo, bolsonarismo de novo *

Mayra Goulart e Guilherme Leme**

No dia 7 de outubro de 2018, o mundo político ficou assombrado pelo resultado alcançado nas eleições por Jair Bolsonaro e outros que dele se aproximavam em termos discursivos. Os 49 milhões de votos em Bolsonaro para presidente se multiplicam quando contabilizamos os demais candidatos eleitos na onda bolsonarista, dentre eles os 52 deputados que concederam ao, até então inexpressivo, PSL o posto de segunda maior bancada da Câmara dos Deputados. Resultados como o de Wilson Witzel (PSC-RJ) e Romeu Zema (Novo- MG), que há uma semana da eleição marcavam um dígito nas pesquisas eleitorais e passaram para o segundo turno com mais de 40% dos votos válidos também deixaram claro a força avassaladora no terreno eleitoral do fenômeno que chamamos de bolsonarismo.[1]

Continuar lendo “Lula no jogo, bolsonarismo de novo *”

O Rio de Janeiro e a tempestade perfeita: notas maquiavelianas sobre o presidencialismo de coalizão na era Bolsonaro

Bruno Cecchetti e Mayra Goulart*

Nicolau Maquiavel, indefectível patriarca da Ciência Política e sábio conselheiro de governantes alertava, já no século XV, sobre as relações entre virtú e fortuna, enquanto determinantes para a manutenção e expansão do poder político.

Continuar lendo “O Rio de Janeiro e a tempestade perfeita: notas maquiavelianas sobre o presidencialismo de coalizão na era Bolsonaro”

Um populista no poder: polarização, ideologia e desafios ao presidencialismo de coalizão

Mayra Goulart* e Luan Guedes**

A experiência democrática brasileira apresenta um padrão no que tange o comportamento dos poderes Legislativo e Executivo. Em razão da construção histórica da política nacional, que inclui um processo de hipertrofia do Poder Executivo oriundo décadas de governos autoritários e militares, o Executivo assumiu poderes que lhe permitiam, de maneira institucional, sobrepujar o papel do poder Legislativo. Continuar lendo “Um populista no poder: polarização, ideologia e desafios ao presidencialismo de coalizão”

Polissemia e luta hegemônica: um comentário sobre a conjuntura venezuelana

Mayra Goulart,Beatriz Lourenço e Júlio César Pereira de Carvalho*

De abril a julho de 2017, o cenário político venezuelano foi permeado por violentas manifestações mobilizadas pelos oposicionistas de Nicolás Maduro. A princípio, os protestos foram articulados com o fito de exigir a destituição do presidente e contrapor a suspensão do Parlamento pelo Tribunal Supremo de Justiça (TSJ) Continuar lendo “Polissemia e luta hegemônica: um comentário sobre a conjuntura venezuelana”

Último suspiro ou volta ao princípio? Um comentário sobre a empreitada constituinte venezuelana

Mayra Goulart* e Beatriz Lourenço**

Há três anos, o PIB da Venezuela vem caindo de forma acentuada. Segundo dados do Fundo Monetário Internacional (FMI), em 2014 a retração foi de 3,9%. Em 2015, de 6,2%. No ano passado, chegou a 18%. Trata-se da maior queda observada no PIB de um país latino-americano desde 1980. Continuar lendo “Último suspiro ou volta ao princípio? Um comentário sobre a empreitada constituinte venezuelana”

Moinhos de vento

Mayra Goulart* e Júlio César Pereira de Carvalho*

“Não há inocentes. Apenas diferentes graus de responsabilidade”, raciocina Lisbeth Salander, protagonista de A menina que brincava com fogo, de Stieg Larsson. Continuar lendo “Moinhos de vento”

[Escuta Especial Conjuntura] A Reforma da Previdência e os prestidigitadores de 1988

Mayra Goulart* e Júlio Cesar Pereira de Carvalho** 

A erosão de direitos sociais e a implementação de medidas impopulares são elementos que têm permeado a fundamentação política do governo de Michel Temer. Continuar lendo “[Escuta Especial Conjuntura] A Reforma da Previdência e os prestidigitadores de 1988”

[Escuta Especial Conjuntura] A guinada neoliberal: estelionato eleitoral ou elitismo democrático? *

                                                            Mayra Goulart**

No dia 31 de agosto de 2016, em seu primeiro discurso como presidente empossado, Michel Temer (PMDB) reafirmou como principal objetivo de seu governo o compromisso de garantir aos investidores estabilidade política e segurança jurídica[1]. Continuar lendo “[Escuta Especial Conjuntura] A guinada neoliberal: estelionato eleitoral ou elitismo democrático? *”

O ano do capiroto: As eleições estadunidenses observadas do Brasil

Mayra Goulart*

Este ano não tem sido fácil para nós, analistas políticos, sociólogos, politólogos, jornalistas, enfim para aqueles que têm a ingrata tarefa de tentar esboçar diagnósticos e prognósticos, com base em modelos históricos, institucionais e racionais. Continuar lendo “O ano do capiroto: As eleições estadunidenses observadas do Brasil”

WordPress.com.

Acima ↑