Busca

ESCUTA.

Tag

Conjuntura

Direito e religião: o Brasil como palco de um encontro em família

Igor Suzano Machado*

O direito e a religião são gêmeos que se separaram no decorrer da vida. Tiveram experiências diferenciadas que, na análise de muitos, foi proveitosa para ambos. Essas novas experiências fazem com que os irmãos se desentendam, briguem e por vezes pareçam não ter nada a ver um com o outro, ainda que possam se visitar em suas respectivas moradas. Continuar lendo “Direito e religião: o Brasil como palco de um encontro em família”

Anúncios

O sindicalismo e a agenda de reformas

Mahatma Ramos*

Os desafios impostos aos atores sociais, em especial às forças do trabalho, em uma conjuntura de crise econômica, social e política são gigantescos. Continuar lendo “O sindicalismo e a agenda de reformas”

Do presidencialismo de coalizão aos parlamentarismos de ocasião

Jorge Chaloub*

Após anos de decantada estabilidade, louvada de forma excessiva por não poucos analistas, a política brasileira tomou feições surpreendentes mesmo aos olhos do mais heterodoxo observador. Continuar lendo “Do presidencialismo de coalizão aos parlamentarismos de ocasião”

Um mundo prenhe de fascismo

Paulo Henrique Paschoeto Cassimiro*

Em seu artigo “O que é o fascismo?”, publicado em 1944 no periódico socialista inglês Tribune, George Orwell constata que a definição do que seja o “fascismo” é um dos maiores desafios de seu tempo. “Uma das organizações americanas de pesquisa social fez recentemente essa pergunta a cem pessoas diferentes e obteve respostas que foram desde ‘democracia pura’ até ‘demonismo puro’” [1]. Continuar lendo “Um mundo prenhe de fascismo”

Sobre a universidade pública (I). Cobrança de mensalidades: O que se ganha?

Maria Abreu*

 

Na Feira Literária de Parati deste ano, Diva Guimarães, professora de 77 anos, fez muita gente se emocionar ao narrar sua trajetória de vida, expondo a profundidade do racismo no país e, também, a importância de uma educação pública e laica como rota de sobrevivência e de mudança de destinos pessoais em um mundo de desigualdades, em que o Brasil se destaca entre os países mais desiguais. Continuar lendo “Sobre a universidade pública (I). Cobrança de mensalidades: O que se ganha?”

Embotamento

Diogo Tourino de Sousa*

A leitura da obra de Gabriel García Márquez é inescapável na formação de qualquer espírito humanista. O escritor colombiano, falecido há pouco mais de três anos, destacou-se ao longo do século XX num gênero que a muitos apraz: o realismo fantástico. Continuar lendo “Embotamento”

Sobre o fim das UPPs

Daniel Edler Duarte*

Poucos projetos de segurança pública capturaram o imaginário carioca e nutriram tantas controvérsias como as Unidades de Polícia Pacificadora. Se a proposta de ocupação de territórios sob domínio do crime organizado ganhou rapidamente status de boa-prática policial, sendo apontada como possível modelo para redução da violência em outras metrópoles do Sul Global, também não demoraram a surgir denúncias contra seu caráter militaresco e contra o foco da “doutrina da pacificação” em áreas de especial interesse para o capital privado. Continuar lendo “Sobre o fim das UPPs”

Precisamos falar sobre Haddad – a propósito de um texto na Piauí

Jorge Chaloub*

Muito se falou nos últimos dias sobre o mais recente texto de Fernando Haddad, publicado na edição de junho da Revista Piauí.

Continuar lendo “Precisamos falar sobre Haddad – a propósito de um texto na Piauí”

[Escuta Especial Conjuntura] Razões da ordem?

Felipe Maia G. da Silva*

Nas sociedades democráticas modernas, a legitimidade da autoridade política não deriva apenas do procedimento eleitoral de escolha do governante, mas está ligada à esfera pública – ou seja, processos comunicativos que promovem uma reflexão coletiva a respeito dos desígnios do poder. Continuar lendo “[Escuta Especial Conjuntura] Razões da ordem?”

WordPress.com.

Acima ↑