Busca

ESCUTA.

Tag

Política

Vavá e o opróbrio de Lula

João Dulci*

Em Durkheim, dentre outros escritos em “Da divisão do trabalho social”, o autor discorre sobre a justiça. É bastante interessante como o Direito ganha contornos na transição da solidariedade mecânica para a orgânica. O Direito transforma-se num indicador da transição. Mas uma das figuras mais interessantes da teoria durkheimiana é o opróbrio. Continuar lendo “Vavá e o opróbrio de Lula”

Anúncios

Por quem dobram os sinos? A derradeira prisão de Cesare Battisti

Bernardo Bianchi*

Cesare Battisti é como que uma fenda no tempo pela qual se deixam entrever momentos distintos da história contemporânea, fragmentos dispersos no tempo e no espaço que, de outro modo, poderiam parecer como que não relacionados entre si. O significado da sua prisão não pode ser entendido sem referência ao entrelaçamento destes fatos, cuja omissão a torna completamente ininteligível, simples poeira, um acontecimento banal. Continuar lendo “Por quem dobram os sinos? A derradeira prisão de Cesare Battisti”

Libertadores da América: observações sobre futebol sul-americano, ou o que sobrou dele

João Dulci*

O subcontinente latino-americano é uma miríade de países de distintas origens dos períodos colonialistas europeus. As espoliações seculares resultaram em alguns dos países mais pobres e de pior IDH do mundo e alguns países cujas maiores características são a diversidade e a desigualdade. Continuar lendo “Libertadores da América: observações sobre futebol sul-americano, ou o que sobrou dele”

Modos para sobreviver à tempestade: notas sobre a ausência de PT e PSOL na posse de Bolsonaro

Jorge Chaloub*

A polêmica sobre a ausência de PT e PSOL na posse de Jair Bolsonaro trouxe ao centro do debate uma questão candente desde a eleição e incontornável durante os próximos quatro anos: a postura perante o novo governo. Resta saber como lidar com um presidente legitimado pelas urnas, mas contrário, em suas palavras e gestos, a muitos preceitos centrais da democracia, mesmo em seus conceitos menos exigentes.

Continuar lendo “Modos para sobreviver à tempestade: notas sobre a ausência de PT e PSOL na posse de Bolsonaro”

Os momentos que precedem a tormenta: algumas questões sobre o passado e o futuro da democracia

Jorge Chaloub*

Os escritos sobre a crise contemporânea já podem formar pequenas bibliotecas. Nelas, obituários mais ou menos solenes sobre a democracia convivem com críticas bem-comportadas aos “populismos” mais diversos e lembranças dos anos 1930 podem ser colocadas na prateleira ao lado de escritos sobre o retorno dos totalitarismos.

Continuar lendo “Os momentos que precedem a tormenta: algumas questões sobre o passado e o futuro da democracia”

Prazeres incômodos: O Doutrinador e o limite da barbárie

João Martins Ladeira*

O Doutrinador (2018, de Gustavo Bonafé e Fabio Mendonça) é, sem dúvida, mais uma entre as muitas variações sobre a mítica da Lava Jato, nas infinitas derivações possíveis dessa fábula sobre a ordem que, finalmente, conseguiu-se elaborar no Brasil. Movimento raro esse no qual se consegue construir uma mitologia para uma sociedade – ou pelo menos para uma parte dela. Continuar lendo “Prazeres incômodos: O Doutrinador e o limite da barbárie”

Para a organização de uma frente democrática

Alexandre Mendes*

As declarações de Ciro Gomes em entrevista à Folha de São Paulo[1] sobre a liderança da oposição ao governo Bolsonaro não deveriam surpreender. Continuar lendo “Para a organização de uma frente democrática”

O WhatsApp não pode parar

João Martins Ladeira*

O debate público sobre a indicação de Moro para o Ministério da Justiça (e Segurança) se concentrou, de fato, em aspectos essenciais, mas não foi completo. Continuar lendo “O WhatsApp não pode parar”

Desafios da conjuntura e armas da teoria política: golpe, democracia e fascismo

Thais Florêncio Aguiar* entrevista Cesar Guimarães**

Realizada em início de agosto, esta entrevista de Cesar Guimarães se converteu em um depoimento reflexivo sobre democracia, golpe de estado e fascismo, muito oportuno para nutrir o pensamento crítico nesse momento pós-eleitoral. Continuar lendo “Desafios da conjuntura e armas da teoria política: golpe, democracia e fascismo”

WordPress.com.

Acima ↑