Busca

ESCUTA.

Tag

Imprensa

O centrão

Jorge Chaloub*

Se este fosse um fio no Twitter, talvez fosse o caso de começá-lo, como modo de ganhar alguns corações, com o irritante chavão “precisamos falar sobre o centrão”. A questão não passa, todavia, pela quantidade de textos e menções ao termo. Fala-se muito sobre o centrão, que se tornou, aliás, um dos termos mais utilizados para a análise da política brasileira contemporânea. Frequentemente se atribuem a ele características ambíguas e uma capacidade explicativa quase irrestrita, que em alguns casos se confunde com o próprio sistema político brasileiro: o centrão seria a forma “típica” da política brasileira. A partir  das narrativas mais corriqueiras, vê-se a imagem de um personagem ao mesmo tempo coeso, sendo capaz de pautar a política nacional, e facilmente cooptado por pequenos interesses individuais de parlamentares, marca de um “fisiologismo” que supostamente implicaria na ausência de identidade ideológica ou contrariaria certa narrativa da “responsabilidade fiscal”. Sigamos alguns desses argumentos.

Continuar lendo “O centrão”

Interrompemos a nossa programação para amarmos nosso líder

João Dulci*

Num intervalo de menos de 12 horas, tivemos em nossa querida pátria amada Brasil dois momentos que já nasceram exemplares. Pela manhã do dia 13 de outubro, foi julgada a atleta Carolina Solberg, do vôlei de praia, por ter proferido um “Fora, Bolsonaro” durante uma entrevista no circuito brasileiro da modalidade. À noite, durante a transmissão da peleja Peru x Brasil, abraços ao presidente Bolsonaro, agradecimentos a membros do governo e à direção da CBF.

Continuar lendo “Interrompemos a nossa programação para amarmos nosso líder”

Jair Frias

André Rodrigues e Andrés Del Río*

O editorial da Folha de São Paulo da última sexta, 21 de agosto de 2020, intitulado “Jair Rousseff”, é a primeira carta de apoio do veículo de comunicação para a campanha de Bolsonaro à reeleição. O texto é um elogio dissimulado ao atual presidente. O maior elogio possível a uma figura da estatura daquele que é o pior de nós. Ponto.

Continuar lendo “Jair Frias”

A Folha de São Paulo, a ditadura e a democracia

Fernando Perlatto*

No último domingo, 28/06, a Folha de São Paulo publicou um caderno especial sobre a ditadura inaugurada com o golpe civil-militar de 1964. O caderno faz parte de uma campanha mais ampla do jornal em defesa da democracia, que tem, entre outras ações, a realização de um curso on-line sobre o regime militar e a adoção até as próximas eleições presidenciais do slogan “Um jornal a serviço da democracia” em substituição àquele adotado desde 1961 “Um jornal a serviço do Brasil”. Continuar lendo “A Folha de São Paulo, a ditadura e a democracia”

Escuta Aí – A desconfiança ante o juiz caseiro:  a mídia em tempos de crise

Jorge Chaloub*

A mídia tradicional surge hoje como inimiga da ultradireita brasileira contemporânea. A contraposição entre a falsidade das informações do grande jornalismo e a verdade revelada pelas redes sociais é um dos fermentos das hostes bolsonaristas, que, contra todas as evidências, vinculam emissoras como a Rede Globo e jornais como a Folha de São Paulo – ou “Foice de São Paulo”, em sua “novilíngua” – ao comunismo.  As agressões de Bolsonaro à imprensa decorrem das suas concepções fascistas, que não toleram o dissenso, mas também expõem  um plano calculado de construir um terreno próprio de circulação de informações. Não se trata de estratégia restrita ao Brasil. Parte da ultradireita global, como o presidente norte-americano Donald Trump e o militante tradicionalista Steve Bannon, aderem explicitamente a tal caminho. Continuar lendo “Escuta Aí – A desconfiança ante o juiz caseiro:  a mídia em tempos de crise”

Escuta Aí – Os ataques à imprensa e os monstros sem controle

Fernando Perlatto*

Ontem a Rede Globo publicou uma nota em solidariedade ao jornalista Wiliam Bonner, que vem sendo covardemente atacado por determinados grupos autoritários na internet. A mensagem repudia a campanha de intimidação contra o apresentador do Jornal Nacional, que decorre, em grande medida, da cobertura crítica que a emissora vem fazendo ao governo Bolsonaro, em especial de sua condução irresponsável no enfrentamento da pandemia do coronavírus. Continuar lendo “Escuta Aí – Os ataques à imprensa e os monstros sem controle”

O admirável mundo novo de Moro e Dallagnol

Jorge Chaloub*

A divulgação das conversas privadas dos membros da operação Lava-Jato, pela reportagem do Intercept[1], traz provas para onde já caminhavam não apenas as convicções, mas alguns fortes indícios. Pesquisadores como Rogério Arantes há muito apontavam para a emergência de um novo padrão de juiz na Lava-Jato, onde, à revelia da Constituição e do Código de Processo Penal, magistrados como Moro e Bretas assumiam o papel de coordenadores das investigações. Continuar lendo “O admirável mundo novo de Moro e Dallagnol”

Um futebol desencantado

Jorge Chaloub*

Josué Medeiros**

Uma recente reportagem sobre o narrador Januário de Oliveira não apenas relembrou expressões e personagens do futebol carioca dos anos 1990, como expôs os traços de um passado que não existe mais. Responsável por alguns dos maiores bordões da nossa imprensa esportiva – como “taí o que você queria!”, “tá lá um corpo estendido no chão!”, “acabou o milho, acabou a pipoca, fim de papo!” – Januário é símbolo de um outro futebol. Não estamos apenas diante de uma mudança nos padrões da transmissão televisiva, mas também de uma distinta lógica do esporte. Continuar lendo “Um futebol desencantado”

WordPress.com.

Acima ↑