Busca

ESCUTA.

Tag

Wallace Andrioli Guedes

Sobre filtros e censura: Bolsonaro e o cinema brasileiro

Wallace Andrioli Guedes*

Numa semana especialmente prolífica em comentários e atos obscurantistas, o presidente Jair Bolsonaro atacou frontalmente o cinema brasileiro. Revelou a intenção de transferir para Brasília a Agência Nacional do Cinema (Ancine), atualmente sediada no Rio de Janeiro, ou mesmo extingui-la. Continuar lendo “Sobre filtros e censura: Bolsonaro e o cinema brasileiro”

Considerações sobre a polêmica do ‘nazismo de esquerda’

Wallace Andrioli Guedes*

Em meio às tantas trapalhadas cometidas em pouquíssimo tempo pelo governo Bolsonaro, chamou atenção de veículos de imprensa a declaração do presidente, em visita oficial a Israel, sobre o nazismo ter sido um movimento de esquerda. O chanceler Ernesto Araújo afirmou o mesmo em visita ao Senado, durante debate com o senador Randolfe Rodrigues. Continuar lendo “Considerações sobre a polêmica do ‘nazismo de esquerda’”

Em defesa de Green Book, ou quase isso: algumas observações sobre a recepção crítica do filme e de sua vitória no Oscar

Wallace Andrioli Guedes*

Green Book atraiu para si um bocado de raiva, sobretudo por, sendo dirigido e escrito por homens brancos, abordar o racismo nos Estados Unidos com pouca profundidade e numa chave abertamente conciliadora. Continuar lendo “Em defesa de Green Book, ou quase isso: algumas observações sobre a recepção crítica do filme e de sua vitória no Oscar”

O mecanismo

Wallace Andrioli Guedes*

Numa cena do último episódio da primeira temporada de O Mecanismo, o ex-policial federal Marco Ruffo (Selton Mello) tem uma epifania que o leva a, enfim, entender como funciona a corrupção no Brasil. Continuar lendo “O mecanismo”

Pantera Negra: limites e possibilidades do cinema de gênero contemporâneo

Wallace Andrioli Guedes*

Inserido no universo cinematográfico da Marvel (MCU), que teve início com Homem de Ferro em 2008 e já é composto por quase vinte filmes, Pantera Negra carrega consigo um peso particular. Continuar lendo “Pantera Negra: limites e possibilidades do cinema de gênero contemporâneo”

“Terra em transe” 50 anos

Wallace Andrioli Guedes*

O último mês de maio marcou o cinquentenário do lançamento de Terra em Transe nos cinemas brasileiros. Primeiro filme de Glauber Rocha realizado após o golpe de Estado que derrubou João Goulart da presidência, essa obra-prima se encontra totalmente impregnada pelos acontecimentos políticos de então, formando com O Desafio (1965), de Paulo César Saraceni, e O Bravo Guerreiro (1968), de Gustavo Dahl, uma espécie de trilogia amarga da ressaca das esquerdas com a tomada do poder pelos militares. Continuar lendo ““Terra em transe” 50 anos”

Silêncio

Wallace Andrioli Guedes*

Não é de hoje o flerte de cineastas da Nova Hollywood com a cultura e o cinema do Japão. Continuar lendo “Silêncio”

[Escuta Resenha] Moonlight

Wallace Andriolli Guedes*

Ao contar a história de um jovem negro gay crescendo na periferia de Miami, em meio ao vício em crack de sua mãe, a relação filial com um traficante e a violência sofrida na escola, Moonlight poderia muito facilmente ser um exploitation estilizado da miséria humana, típico, por exemplo, do cinema de Lee Daniels – sobretudo Preciosa (2009) e Obsessão (2012). Continuar lendo “[Escuta Resenha] Moonlight”

[Escuta Resenha] La La Land

Wallace Andrioli Guedes*

La La Land é um filme feito para ser adorável. Talvez resida aí seu maior problema. Continuar lendo “[Escuta Resenha] La La Land”

WordPress.com.

Acima ↑