Busca

ESCUTA.

Tag

Segurança Pública

Por que não passa?

Pedro Rolo Benetti*

As respostas são a um só tempo simples e complexas. A história já foi relatada diversas vezes, sob as mais variadas perspectivas. Aconteceu há exatos 25 anos, no dia 29 de agosto de 1993. Depois de uma emboscada realizada por traficantes, por meio de uma falsa denúncia anônima, quatro policiais foram executados dentro de suas viaturas. A resposta não tardou e no dia seguinte foi formada a fila com 21 caixões na entrada de Vigário Geral. Não se tratava de 21 unidades de corpos favelados, não era um número. Eram 21 pessoas, privadas de seu direito mais básico, o de existir. Continuar lendo “Por que não passa?”

Anúncios

O estrondo ao redor

André Rodrigues*

A capacidade da arte para interpretar o presente é sempre maior do que a das ciências sociais. Talvez aquilo que os cientistas produzem demore mais a amadurecer e também a perecer, mas a arte, em geral, possui instrumentos mais sensíveis para trazer à tona processos sociais que não estão na superfície daquilo que podemos chamar de modo impreciso de opinião pública. Continuar lendo “O estrondo ao redor”

#repressaoBR: 23 condenações políticas e o legado repressivo de junho de 2013

No mês de junho deste ano, diversos analistas se debruçaram sobre os impactos das manifestações de Junho de 2013 na vida nacional. Muito se falou, por exemplo, sobre a resistência da política tradicional em assimilar e responder aos anseios democráticos das manifestações, ou mesmo sobre a dificuldade de compreender seus significados diante da pluralidade de perspectivas que as atravessaram. Mas pouco se discutiu sobre a repressão política às maiores manifestações de rua da história do Brasil. Continuar lendo “#repressaoBR: 23 condenações políticas e o legado repressivo de junho de 2013”

Da Guerra às Drogas ao Narcoestado

Alexandre Mendes*        

Proponho neste texto e em outros, a serem futuramente publicados na Escuta, discutir alguns dos desafios das esquerdas no contexto de crise política, econômica e social que vivemos no Brasil. É muito comum a alguém que se proponha a falar sobre política, numa perspectiva de esquerda, a tentação de apresentar verdades ao invés de levantar problemas. Continuar lendo “Da Guerra às Drogas ao Narcoestado”

Carta aberta à professora Alba Zaluar

Maria Isabel Couto*

Prezada professora Alba Zaluar,

É com tristeza que escrevo esta carta pública em resposta a sua recente entrevista à Folha de São Paulo, no dia 21 de março de 2018. Continuar lendo “Carta aberta à professora Alba Zaluar”

A Indústria do Medo e a Tragédia da Militarização

Maria Isabel Couto*

Sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018, um governo de legitimidade bastante contestada toma a decisão de decretar uma intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro. Continuar lendo “A Indústria do Medo e a Tragédia da Militarização”

Sobre o fim das UPPs

Daniel Edler Duarte*

Poucos projetos de segurança pública capturaram o imaginário carioca e nutriram tantas controvérsias como as Unidades de Polícia Pacificadora. Se a proposta de ocupação de territórios sob domínio do crime organizado ganhou rapidamente status de boa-prática policial, sendo apontada como possível modelo para redução da violência em outras metrópoles do Sul Global, também não demoraram a surgir denúncias contra seu caráter militaresco e contra o foco da “doutrina da pacificação” em áreas de especial interesse para o capital privado. Continuar lendo “Sobre o fim das UPPs”

Redução não é solução

Tamires Alves*

“…Presos são quase todos pretos

Ou quase pretos, ou quase brancos quase pretos de tão pobres

E pobres são como podres e todos sabem como se tratam os pretos”. Haiti, Caetano Veloso. Continuar lendo “Redução não é solução”

WordPress.com.

Acima ↑