Busca

ESCUTA.

mês

janeiro 2019

Vavá e o opróbrio de Lula

João Dulci*

Em Durkheim, dentre outros escritos em “Da divisão do trabalho social”, o autor discorre sobre a justiça. É bastante interessante como o Direito ganha contornos na transição da solidariedade mecânica para a orgânica. O Direito transforma-se num indicador da transição. Mas uma das figuras mais interessantes da teoria durkheimiana é o opróbrio. Continuar lendo “Vavá e o opróbrio de Lula”

Anúncios

A ponta da praia: um pouco de dignidade se despede do Congresso Nacional

João Dulci*

Num dos mais famosos quadros do grupo Monty Python, um senhor entra numa loja de animais e tenta devolver um papagaio, alegando que lhe foi vendido um papagaio empalhado como se fosse um animal vivo. Continuar lendo “A ponta da praia: um pouco de dignidade se despede do Congresso Nacional”

Por quem dobram os sinos? A derradeira prisão de Cesare Battisti

Bernardo Bianchi*

Cesare Battisti é como que uma fenda no tempo pela qual se deixam entrever momentos distintos da história contemporânea, fragmentos dispersos no tempo e no espaço que, de outro modo, poderiam parecer como que não relacionados entre si. O significado da sua prisão não pode ser entendido sem referência ao entrelaçamento destes fatos, cuja omissão a torna completamente ininteligível, simples poeira, um acontecimento banal. Continuar lendo “Por quem dobram os sinos? A derradeira prisão de Cesare Battisti”

Libertadores da América: observações sobre futebol sul-americano, ou o que sobrou dele

João Dulci*

O subcontinente latino-americano é uma miríade de países de distintas origens dos períodos colonialistas europeus. As espoliações seculares resultaram em alguns dos países mais pobres e de pior IDH do mundo e alguns países cujas maiores características são a diversidade e a desigualdade. Continuar lendo “Libertadores da América: observações sobre futebol sul-americano, ou o que sobrou dele”

WordPress.com.

Acima ↑