Busca

ESCUTA.

mês

fevereiro 2020

De que tanto riem os empresários? Curiosidades sobre a confiança num mundo alheio à realidade

João Dulci*

Há alguns anos, lá pelos idos de 2011, numa reunião com meu orientador Adalberto Cardoso, lhe dirigi uma pergunta ingênua, como eram muitas: se as indústrias automobilísticas ganham tanto mais dinheiro no mercado financeiro (em torno de 80% do rendimento bruto), por que elas ainda produzem carros. Sua resposta simples, mas elucidativa, resumia-se em duas razões: porque as pessoas ainda querem comprar carros, e porque sem fabricar carros, a Ford, a Fiat ou a Marussia Motors não eram a Ford, a Fiat e a Marussia Motors. Continuar lendo “De que tanto riem os empresários? Curiosidades sobre a confiança num mundo alheio à realidade”

Pureza e pureza: a festa da carne entre os distantinos

Eduardo Mares Bisnetto*

Num país distante de um planeta plano como uma face de um triângulo isósceles, ocorre, anualmente, a festa da carne. Para aqueles que já imaginaram tratar-se da milenar festa de origem italiana do carnevale, como ocorria nas antigas cidades inundadas de Barranquilla, Montevidéu, Rio de Janeiro ou Atlântida, adianto que a etmologia aqui é uma mera coincidência. Continuar lendo “Pureza e pureza: a festa da carne entre os distantinos”

WordPress.com.

Acima ↑