Busca

ESCUTA.

Categoria

Política

Moreira Salles, Anne Wiazemsky e seus 1968s

Fernando Perlatto*

Datas redondas são sempre bons momentos para lembrar. Há eventos que somente se tornam objetos de recordação em efemérides, permanecendo sob o véu do esquecimento durante anos e anos. Continuar lendo “Moreira Salles, Anne Wiazemsky e seus 1968s”

Anúncios

Além e aquém das quatro linhas

Jorge Chaloub*

A Copa do Mundo constrói uma peculiar geopolítica. Distintamente dos quadros de medalhas na Olimpíadas, onde as disputas entre potências econômicas e militares hegemônicas costumam estar fielmente expressas nas primeiras posições, o futebol cria cenário onde competidores improváveis subvertem PIB’s, IDH’s e outros indicadores do gênero.

Continuar lendo “Além e aquém das quatro linhas”

O passado ainda é presente: Cultura Política e memória no Brasil

Maíra Pereira da Costa*

Pedidos de intervenção militar têm sido recorrentes nos últimos tempos, ainda que não agregando a maior parte de brasileiros e brasileiras. Durante a chamada “greve dos caminhoneiros” o assunto voltou para – ou nunca deixou – a pauta do dia. O que proponho é olhar para tal fenômeno sob a ótica da cultura política, nos voltando para as atitudes, valores e crenças no âmbito político que estão intimamente ligados ao envolvimento dos indivíduos com a vida pública, buscando entender por que tal discurso ainda reverbera, mesmo após 33 anos do fim do último regime autoritário em nosso país. Continuar lendo “O passado ainda é presente: Cultura Política e memória no Brasil”

Eleições, Copa, Democracia e Crise: o Brasil em 2018, cinco anos depois de Junho

Josué Medeiros*

 Cada nova pesquisa sobre as eleições presidenciais é um novo 07 de abril. Naquele dia de profunda injustiça, Lula parou o tempo e deixou em suspenso o país. Desde então, o tempo segue parado e seus eternamente elevados índices de intenção de voto nos levam outra vez a assistir e torcer pelo “cara” em São Bernardo. Continuar lendo “Eleições, Copa, Democracia e Crise: o Brasil em 2018, cinco anos depois de Junho”

Intervenção militar, memórias da ditadura e tempo presente

Fernando Perlatto*

Um dos aspectos que mais chamou a atenção durante a crise que parou o país após a chamada “greve dos caminhoneiros” foi o crescimento de discursos e de palavras de ordem – ainda minoritários, embora barulhentos – em defesa da intervenção militar e da volta à ditadura como solução para a crise política. Continuar lendo “Intervenção militar, memórias da ditadura e tempo presente”

A greve é política, estúpido

Luís Falcão*

No sábado, dia 26 de maio de 2018, o Jornal do Brasil publicou uma notinha, indigna de notar-se, com o perdão da expressão, a respeito de Henrique Meirelles. Continuar lendo “A greve é política, estúpido”

O que acabou na Nova República?

Alexandre Mendes*

Em artigos publicados sobre a crise política e social brasileira, na Folha de São Paulo e na Carta Capital, o filósofo Vladimir Safatle vem anunciando, ao menos desde o início do ano de 2015, o fim da Nova República, como foi chamado o regime instituído no Brasil após a transição democrática da década de 1980[1]. Continuar lendo “O que acabou na Nova República?”

O mecanismo

Wallace Andrioli Guedes*

Numa cena do último episódio da primeira temporada de O Mecanismo, o ex-policial federal Marco Ruffo (Selton Mello) tem uma epifania que o leva a, enfim, entender como funciona a corrupção no Brasil. Continuar lendo “O mecanismo”

Temer está certo? Os desempregados que procuram emprego e a recuperação econômica do analista Temer

João Dulci*

Ao longo das duas últimas semanas, dados sobre desemprego no país mostram uma situação crítica. A taxa de desocupação (pessoas desocupadas, procurando emprego na semana de referência, sobre a força de trabalho, também chamado de desemprego aberto) chega a 13,7 milhões de brasileiros. Continuar lendo “Temer está certo? Os desempregados que procuram emprego e a recuperação econômica do analista Temer”

WordPress.com.

Acima ↑