Busca

ESCUTA.

mês

outubro 2016

“Velhos escombros sobre uma Base nova” ou “Réquiem para uma Base insepulta”

Simone Meucci*

Calo-me, espero, decifro. / As coisas talvez melhorem. / São tão fortes as coisas! / Mas eu não sou as coisas e me revolto. / Tenho palavras em mim buscando canal / são roucas e duras / irritadas, enérgicas / comprimidas há tanto tempo, / perderam o sentido, apenas querem explodir. Carlos Drummond de Andrade – Nosso tempo, 1945 (A Rosa do Povo)

 

Nesse período de instabilidade institucional em que políticas públicas estão sob ataque, quando fazemos uso da palavra, ficamos, na melhor das hipóteses, entre a explosão e a análise. Na pior, não conseguimos explodir nem analisar. Continuar lendo ““Velhos escombros sobre uma Base nova” ou “Réquiem para uma Base insepulta””

Rio 2016: Uma eleição de dois extremos?

Maria Abreu*

A literatura sobre eleições aponta que, em sistemas majoritários de dois turnos, candidatos de partidos de centro tendem a levar vantagem, pois sua rejeição é menor e, no segundo turno, o eleitorado tende a convergir com mais facilidade para suas candidaturas. Continuar lendo “Rio 2016: Uma eleição de dois extremos?”

Os “novos tempos” da política carioca

Jorge Chaloub*

O segundo turno carioca não representa apenas um novidade em relação às últimas eleições, com a interrupção de uma série de vitórias do PMDB para os governos municipal e estadual. Continuar lendo “Os “novos tempos” da política carioca”

[Escuta Especial Conjuntura] Coisas do Rio

Alessandra Maia*

O Rio não é um lugar fácil de se viver, muito menos de se entender. Nem por isso é dos lugares menos amados, talvez essa a fonte de seu charme que conquista corações e mentes. Continuar lendo “[Escuta Especial Conjuntura] Coisas do Rio”

Folgados e direitos ou um elogio do voto obrigatório

Cristina Buarque de Hollanda*

Numa visita de domingo a um tio bem velhinho, por quem eu tinha tanto afeto quanto desapreço pelas opiniões políticas, ouvi seu lamento pela falta de bolo e cafezinho para me receber. Continuar lendo “Folgados e direitos ou um elogio do voto obrigatório”

A demissão de Trajano

Luiz Guilherme Burlamaqui*                   

                                                         “[…] as horas são difíceis, mas nós vamos superar”( José Trajano)

Em junho de 2016, uma jovem foi vítima de um estupro coletivo no Rio de Janeiro.  Trinta homens violentaram uma mulher dopada e inconsciente, filmaram o ato e divulgaram nas redes sociais. De início, a grande imprensa ignorou o crime. Continuar lendo “A demissão de Trajano”

A terceira alma do Partido dos Trabalhadores

Fernando Perlatto*

Em artigo intitulado “A segunda alma do Partido dos Trabalhadores”, publicado em 2010 na revista Novos Estudos Cebrap e, posteriormente, incorporado como capítulo ao livro Os Sentidos do Lulismo, o cientista político André Singer buscou analisar se, passados sete anos desde a chegada de Lula ao poder, o PT permaneceria ou não como um partido de esquerda. Continuar lendo “A terceira alma do Partido dos Trabalhadores”

Prescrições normativas e usos do direito: a prática jurídica pede ajuda à reflexão filosófica

Igor Suzano Machado*

Norberto Bobbio destaca 4 formas diferentes de se compreender a filosofia política, tendo em vista os objetivos que ela persegue. Continuar lendo “Prescrições normativas e usos do direito: a prática jurídica pede ajuda à reflexão filosófica”

[Escuta Especial Conjuntura] Crítica e crise: contribuição para um debate de conjuntura

Felipe Maia*

A esta altura do campeonato a discussão sobre se houve “golpe” ou não ficou para as calendas. A eleição municipal do último domingo revelou a baixa adesão da população ao discurso construído pelo petismo, o grande derrotado no pleito. Continuar lendo “[Escuta Especial Conjuntura] Crítica e crise: contribuição para um debate de conjuntura”

WordPress.com.

Acima ↑