Mayra Goulart*

1. Rio Maravilha ou a história de uma decadência:

 A história do Rio de Janeiro desde a metade do século XX pode ser resumida a uma palavra: decadência. Em termos econômicos o município nunca exibiu qualquer tipo de vocação produtiva, excetuando o turismo. Porém, até 1960, o fato de sermos a capital do país nos garantia prestígio, além de uma situação fiscal privilegiada e postos de trabalho no aparato estatal aqui instalado. Estes foram os tempos de glamour. Daí para frente, fomos ladeira abaixo. Continuar lendo “A maldição de Chagas e a hidra carioca”