Busca

ESCUTA.

mês

setembro 2016

Sobre Interpretações do Brasil: forma, conteúdo, dualidades

Maro Lara Martins*

É imprescindível o retorno aos clássicos! Argumentos e perspectivas que estavam a se empoeirar nas estantes retomam posição central no debate. Continuar lendo “Sobre Interpretações do Brasil: forma, conteúdo, dualidades”

Facticidade e validade: O impeachment de Dilma Rousseff e as alterações nas correlações de força no cenário político brasileiro*

Júlio Cesar Pereira de Carvalho** e Mayra Goulart***

O dia 31 de agosto de 2016 demarcou o fim da trajetória de 13 anos do Partido dos Trabalhadores (PT) no poder. Continuar lendo “Facticidade e validade: O impeachment de Dilma Rousseff e as alterações nas correlações de força no cenário político brasileiro*”

Quando a crítica esmorece e colabora: notas a partir de uma breve entrevista de Vladimir Safatle

Pedro Luiz Lima*

Há que se duvidar sempre de afirmações meramente exclamativas sobre a efetividade dos efeitos emancipatórios das novas tecnologias de comunicação e das formas de sociabilidade que se desenvolveriam através de redes sociais. Feita a ressalva, parece fora de dúvida que a internet constitui meio propício para a divulgação de opiniões minoritárias e, além disso, para a crucial retificação dos abusos e das aberrações produzidas pela desfaçatez de classe característica da mídia oligopolizada tradicional. Continuar lendo “Quando a crítica esmorece e colabora: notas a partir de uma breve entrevista de Vladimir Safatle”

[Escuta Resenha] Café Society, de Woody Allen

Wallace Andrioli Guedes*

Dentre os muitos nomes da Hollywood dos anos 30 e 40 citados em Café Society, está Billy Wilder. O diretor de origem austríaca, um dos maiores da história do cinema, no entanto, não é uma mera menção no filme de Woody Allen. Continuar lendo “[Escuta Resenha] Café Society, de Woody Allen”

En las buenas y las malas: futebol, ilegalismos e resistência popular

*Pedro Benetti

O futebol é mais do que um jogo. É um fenômeno social que captura a atenção de bilhões de pessoas ao redor do mundo. Continuar lendo “En las buenas y las malas: futebol, ilegalismos e resistência popular”

Boi de piranha

Diogo Tourino de Sousa*

No regionalismo brasileiro, “boi de piranha” é aquele entregue ao sacrifício pelos boiadeiros em rio de piranha, para que o restante da manada possa seguir seu curso em segurança. Creio ser esta a melhor descrição para a sorte do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), menos por vontade própria, claro, e mais pela força das circunstâncias. Continuar lendo “Boi de piranha”

[Escuta Resenha] Portinari popular

Fernando Perlatto*

A visita ao Museu de Arte de São Paulo (MASP) já se justificaria apenas pela possibilidade de apreciar os cavaletes de cristal criados por Lina Bo Bardi, que com suas bases de concreto e chapas transparentes, servem de suporte para a exposição do acervo permanente do museu, intitulada Acervo em transformação, com mais de cem obras de artistas nacionais e internacionais como Di Cavalcanti, Tarsila do Amaral, Djanira, Picasso, Van Gogh, Monet, Rivera, Modigliani. Continuar lendo “[Escuta Resenha] Portinari popular”

“Aquarius” e “Pra Frente Brasil”: quando o cinema produz resistência

Wallace Andrioli Guedes*

Em 1982, a ditadura militar brasileira, iniciada 18 anos antes, parecia dar seus últimos suspiros. Continuar lendo ““Aquarius” e “Pra Frente Brasil”: quando o cinema produz resistência”

[Escuta Especial Conjuntura] Se há ruptura da constitucionalidade, que seja democrática!

Maria Abreu*

Desde a admissão por Eduardo Cunha, então presidente da Câmara dos Deputados, do pedido de impeachment formulado por Helio Bicudo, Janaina Paschoal e Miguel Reale Jr., em 2 de dezembro de 2015, discute-se se a melhor saída para a crise política do Brasil seria o processo de impeachment ou a realização de novas eleições. Continuar lendo “[Escuta Especial Conjuntura] Se há ruptura da constitucionalidade, que seja democrática!”

WordPress.com.

Acima ↑